Acidente de carro mata quatro em São Luís

Um grave acidente na manhã deste domingo de Natal (25), na avenida Guajajaras, deixou quatro pessoas mortas e pelo menos outras nove feridas.

Caminhonete capotou, bateu no poste e em moto que trafegava na Guajajaras

Uma caminhonete que trafegava no sentido São Cristóvão/Forquilha bateu num poste de iluminação, capotou e, em seguida, atingiu duas pessoas que vinham numa moto no sentido contrário.

O casal que estava na moto morreu na hora. Outro casal que estava na caminhonete também morreu no local.

Segundo informações da polícia, nove pessoas foram conduzidas para o Socorrão II, entre elas quatro crianças e mais duas pessoas que estava no carro causador do acidente.

Há a suspeita de que a caminhonete estava com a cabine lotada e que pelo menos três pessoas estavam trafegando na carroceria do veículo.

Dentro do carro estariam quatro pessoas da mesma família. Todos foram retirados do local e levados para o hospital. Tiveram ferimentos leves.

Pedestres que atravessavam a rua no momento do acidente sofreram ferimentos graves e também foram levados para o hospital.

Os nomes das vítimas ainda não foram revelados.

(Com informações do imirante e O Imparcial).

Absurdo! PMs matam homem por dívida de R$ 10

Do imirante.com:

Um homem identificado como José de Ribamar Vieira Batista, 49 anos, morador da Cidade Operária, foi morto durante perseguição policial. O caso aconteceu na avenida Lourenço Vieira da Silva, nas proximidades do bairro da Forquilha. Segundo informações, a vítima, que dirigia um veículo Montana, sem placa, colocou R$ 10,00 de gasolina e fugiu sem pagar. O golpe foi aplicado em um posto de gasolina, localizado na estrada do Maiobão.

Os frentistas acionaram os policiais militares que saíram em perseguição a José de Ribamar. Ele fugiu pela avenida Lourenço Vieira da Silva, sentido Cidade Operária. A vítima pegou uma rua paralela e acabou batendo em uma caçamba. Para fugir do local resolveu dar uma ré e bateu em uma das motos da Polícia Militar.

José de Ribamar retornou pela avenida Guajajara sentido Forquilha. Os policiais conseguiram alcançá-lo e deram voz de prisão. Ao tentar fugir do local acabou sendo baleado. A vítima estava desarmada. Ele foi levado para o hospital Clementino Moura, o Socorrão II, onde não resistiu e morreu por volta das 23h desta segunda-feira (30).

Segundo informações, José de Ribamar teria aplicado calote no mesmo posto pela quarta vez.