Roseana e Ricardo entregam hospital em Morros

Os moradores do município de Morros e cidades vizinhas receberam, nesta quinta-feira (15), um hospital de 20 leitos, inaugurado pela governadora Roseana Sarney e pelo secretário de Saúde, Ricardo Murad.

Roseana e Ricardo acompanham atendimento a senhora no hospital

A unidade vai funcionar com Serviço de Pronto Atendimento (SPA) 24 horas, internações em clínica médica, obstetrícia e pediatria e serviços de apoio e diagnóstico (laboratório de análises clínicas e raio-X), entre outros. Nesta sexta-feira (16), será a vez dos moradores de Coroatá ganharem uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), com inauguração marcada para às 9h.

A governadora, ao lado da prefeita de Morros, Silvana Malheiros, destacou que o governo tem trabalhado, sem distinção, em todas as regiões do Maranhão.

“Aqui, começa o companheirismo entre todos. Estamos ao lado de prefeitos da região, vereadores e deputados nessa inauguração, que vai garantir saúde de qualidade para os moradores não só de Morros, mas de toda a região”, afirmou a governadora. “Quando concluirmos todas as inaugurações do Programa Saúde é Vida, o Maranhão terá mais saúde de qualidade e para todos”, completou.

O investimento no hospital foi de R$ 2.751.053,84, sendo R$ 2.144.133,09 em obras civis e R$ 606.920,75, em equipamentos.

Além de moradores da cidade, participaram da cerimônia os secretários Luís Fernando Silva (Casa Civil), Hildo Rocha (Assuntos Políticos) e o tenente-coronel José Ribamar Vieira (Gabinete Militar), os deputados estaduais Cesar Pires (DEM), Rogério Cafeteira, Eduardo Braide (ambos do PMN); prefeitos, ex-prefeitos e vereadores da região.

Prefeito faz festa de aniversário dentro de escola

O secretário-geral da Famem (Federação das Associações dos Municípios do Maranhão) e prefeito de Icatu, Juarez Lima (PDT), não para de ser notícia negativa.

Juarez Lima se mostrou um verdadeiro 'pé-de-valsa'

Conforme o blog vem informando desde o mês passado, ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal ao TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região, em Brasília, por não prestar contas no tempo devido de recursos federais recebidos em convênio firmado com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em 2005.

A Secretaria de Cultura abriu investigação para apurar supostos desvios de recursos  do “Carnaval da Maranhensidade” de 2009, ainda na gestão Jackson Lago (já falecido), envolvendo diversas prefeituras e entidades. Como então presidente do AGE Consórcios, que reúne prefeituras na Região do Munim, Juarez Lima recebeu R$ 1,1 milhão. O dinheiro não teria sido aplicado devidamente. No último dia 13, o Jornal Hoje, da TV Globo, denunciou que a Prefeitura de Icatu transformou os vestiários do estádio da cidade em hospital (reveja).

Agora mais uma, um pouco antiga, mas vale o registro. No fnal do ano passado, o prefeito comemorou seu aniversário dentro de uma escola pública da cidade. O vídeo mostra o aniversariante dançando com uma mulher ao som da banda de música da PM.Algumas pessoas aparecem bebendo cerveja. Juarez Lima se revela um verdadeiro pé de valsa. Clique e veja:



Roseana lamenta morte de Luciano, cancela compromissos e decreta luto oficial por três dias

Bastante entristecida, a governadora Roseana Sarney lamentou a morte do amigo, deputado federal e correligionário Luciano Moreira, ocorrida na noite desta quinta-feira (16), em acidente  de carro na Estrada de Morros.

De Brasília, governadora Roseana Sarney lamentou a morte do amigo Luciano

A governadora recebeu a notícia do falecimento em Brasília, onde cumpria agenda de audiências, e cancelou os compromissos de trabalho marcados para esta sexta-feira (17) e sábado (18), na Região Tocantina.

“Um amigo muito querido, Luciano Moreira sempre trabalhou voltado para melhorar a vida do cidadão. Estava realizando um belo trabalho na Câmara. O Maranhão perde um grande homem e um político que iniciava sua caminhada e ainda tinha muito a contribuir com o estado”, declarou a governadora.

Roseana Sarney ressaltou que Luciano Moreira deixa um legado de excelentes serviços prestados ao Maranhão, tendo sido secretário na área de Administração nas suas duas primeiras gestões e retornando ao cargo em 2009, quando ela reassumiu o governo. Ele deixa sua marca em projetos como o Viva Cidadão, a Universidade da Terceira Idade (Uniti), o Programa de Assistência Integral ao Aposentado (PAI) e a Escola de Governo (Egma).

Em seu currículo, estão os cargos de Secretário de Estado do Planejamento, Ciência e Tecnologia; de Administração, Recursos Humanos e Previdência; gerente de Estado de Administração e Modernização; gerente de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão; e secretário de Assuntos Estratégico. Até março de 2010, quando saiu para a campanha vitoriosa a deputado federal, foi Secretário de Administração e Previdência Social.

A governadora Roseana Sarney decretou luto oficial por três dias.

(As informações são do Governo do Maranhão).

Búfalo causou acidente que matou Luciano Moreira

21h55 - O deputado federal Luciano Moreira (PMDB) morreu por volta das 20h30 desta quinta-feira (16) em acidente de carro em Morros, quando voltava de uma palestra no encontro nacional de procuradores-gerais do Ministério Público realizado em Barreirinhas.

Deputado Luciano Moreira, do PMDB

O acidente ocorreu no Povoado Jaburu, em Morros. Um búfalo atravessou a frente da caminhonete  em que deputado vinha com o motorista  Kleber Brandão, o assessor Mariano Laranjeira e a secretária Cecília Cidrek. Eles ficaram feridos e não correm risco de morte.

Célia, que perdeu parte do dedo e teve ferimentos no braço e na cabeça, contou ao blog, através da vereadora e técnica em enfermagem Espírito Santo, que o motorista  tentou desviar três vezes do animal. Na quarta vez, o carro  capotou.

Luciano Moreira sacou do veículo porque estaria sem o cinto de segurança. Quebrou  o pescoço e fraturou no crânio.  Ele já chegou ao hospital de Morros sem vida. Mariano machucou o braço e o motorista nada sofreu.

O deputado chegou em São Luís por volta das 13h e depois do almoço seguiu para Barreirinhas. Deixou o encontro de procuradores por volta das 19h30 com destino a capital.

Coelho Neto

Também nesta quinta-feira, o ex-senador Magno Bacelar  se envolveu em um acidente  de carro  pela manhã quando saía de Coelho Neto, onde foi prefeito.

Teria fraturado ossos da face, o fêmur e o úmero.  Ele deve ser operado ainda hoje no UDI Hospital.

Daqui a pouco mais detalhes.

Nota: Post atualizado às 23h20.

Padre é morto a tiros em Humberto de Campos

De O Estado Maranhão:

Morros – O padre Bernardo Muniz Rabelo Amaral, de 28 anos, foi vítima de um latrocínio (assalto seguido de morte) na tarde de sábado, durante um latrocínio entre os povoados Mutum e Quebra Anzol, no município de Humberto de Campos. O padre era natural de Morros, mas trabalhava como vigário paroquial da Paróquia de São José do Periá, em Humberto de Campos. O autor do crime foi identificado como Fabrício.

O crime aconteceu na BR-402. O assassino disparou cinco tiros em direção ao padre e dois o atingiram: um no pescoço e outro no tórax. O autor do crime ainda arrastou o padre por uns 30 metros e o espancou. O bandido evadiu-se do local, levando o veículo no qual o padre estava, uma picape S-10, mais R$ 400,00 em dinheiro e um celular de dois chips. Conforme a polícia, Fabrício cumpria liberdade condicional.

Fotos: Flora Dolores/O Estado Maranhão

Após o crime, padre Bernardo foi socorrido por um cidadão conhecido como Bibil e trazido para o Hospital São Domingos, em São Luís. Ele chegou ainda consciente na capital, por volta das 18h, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 21h. “Isso é revoltante. Nós ficamos impotentes depois disso”, declarou a irmã do padre Bernardo, Verônica Muniz Amaral, de 30 anos. No hospital, o padre ainda conversou com amigos e familiares, como o padre Ribamar, da Paróquia de Santo Amaro.

Bernardo era o filho mais novo do casal Osmar Lima Amaral e Maria de Fátima Muniz Rabelo Amaral e tinha cinco irmãos. Antes de morrer, ele falou a familiares que tinha esperança de sobreviver.

Crime

Conforme informações de testemunhas, o padre estava sábado em Mutum participando de uma Assembléia de Párocos da região, da qual era um dos organizadores, quando teve de se deslocar à tarde ao povoado Quebra Anzol, para buscar integrantes do Ministério de Música da cidade de Chapadinha. Os integrantes da banda realizariam um espetáculo religioso durante o encontro. O padre foi sozinho no veículo S-10, de uso da Paróquia de São José do Periá.

Chegando ao povoado Quebra Anzol, o padre foi informado de que os membros do Ministério de Música não haviam conseguido chegar ao local a tempo. Ele então pediu a algumas pessoas do povoado que transportassem os músicos a Mutum assim que eles chegassem e voltou para a Assembléia de Párocos. Mas na saída de Quebra Anzol, “Fabrício” pediu uma carona com destino à cidade de Humberto de Campos.

O padre, que estava sozinho, atendeu ao pedido e levou o homem em seu veículo. No percurso entre os dois povoados, o homem, armado com um revólver calibre 38, deu voz de assalto contra o religioso. O padre não reagiu e entregou os pertences pessoais ao bandido. Mesmo assim, o autor do crime, disparou um primeiro tiro no pescoço do padre e o mandou deixar o veículo em que ele estava.

Quando o padre saiu da S-10, o autor do crime disparou mais quatro tiros em direção ao religioso. Um deles pegou no tórax. Depois, ainda espancou o religioso. O padre ficou caído no meio da via e o bandido levou o veículo e os pertences do religioso. Algum tempo depois o sacerdote foi socorrido pelo cidadão conhecido como Bibil e trazido para o hospital São Domingos, em São Luís.

Buscas

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Humberto de Campos, comandada pela delegada Lília Maria Parussolo, e pela Delegacia de Morros, cujo titular é Dicival Gonçalves. As buscas pela região começaram ainda na tarde de sábado, continuando ontem, mas sem sucesso.

Segundo o delegado Dicival Gonçalves, o suspeito de ter cometido o crime é ex-presidiário e estava cumprindo prisão condicional por crime de homicídio. “Infelizmente, ele [o padre] foi vítima da própria bondade”, classificou o delegado. Equipes da Superintendência de Polícia da Capital também estão na região do Munim realizando buscas para capturar o autor do crime. Leia mais aqui.